Notícias

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A.

COMUNICADO AO MERCADO - NOTÍCIA PUBLICADA EM "O GLOBO"

A JHSF Participações S.A. ("JHSF3" ou "Companhia") comunica, decorrente de matéria publicada no jornal "O Globo" de 05 de janeiro de 2020, que sua controlada, Hotel Marco Internacional S.A. ("HMI") e sociedade controlada por Alexandre Accioly ("AA") são as acionistas da São Sebastião do Rio de Janeiro Administradora de Restaurantes S.A. ("São Sebastião") e do Restaurante Gero Rio S.A. ("Gero Rio") (em conjunto "Sociedades RJ"), sendo que HMI detém o controle da São Sebastião (70%) e da Gero Rio (60%), sendo esses negócios os únicos detidos em conjunto com AA e com operação restrita à restaurantes na Cidade do Rio de Janeiro.

A administração das Sociedades RJ há anos é composta por diretores indicados pela HMI e AA e a respectiva contribuição ao EBITDA Consolidado da Companhia em 2018 foi de 0,27% (zero vírgula vinte e sete por cento) do total.

Os Sócios (Companhia, HMI e Rogério Fasano) envidaram esforços para que discórdias com AA fossem sanadas profissionalmente, porém, em 23/12/19 a Companhia tomou conhecimento que AA, de forma surpreendente e contrária à busca de uma solução amigável para o tema, ingressou com pedido de arbitragem.

É sabido que AA busca sair das Sociedades RJ e vem promovendo um cenário de disputa para alavancar a sua posição nas sociedades. Os sócios da HMI enfatizam que não compactuam com esse tipo de conduta e aproveitam para reiterar que, como controladores da Sociedades RJ, jamais adotariam práticas que prejudicassem os negócios.

Assim, os Sócios (a) refutam as declarações e afirmações apresentadas por AA, e (b) confirmam seu entendimento que (i) atuam de forma profissional na condução de todos seus negócios, incluindo as Sociedades RJ, (ii) não há e nem nunca houve atos danosos causados a Sociedades RJ que sejam do conhecimento dos Sócios, sendo que em todos os exercícios anteriores ao atual, jamais houve questionamentos aos atos praticados pelos administradores das Sociedades RJ, (iii) foi dado pleno acesso às informações solicitadas por AA, e pelo conselheiro fiscal por ele indicado nas Sociedades RJ, (iv) não existe pendente nenhuma aprovação de contas sobre os resultados das Sociedades RJ até o exercício de 2019 (dentro do prazo legal).

Com a visão de longo prazo dos negócios das Sociedades RJ, os Sócios reiteram que seu maior interesse é a devida preservação da mais alta qualidade da gastronomia em seus restaurantes e da hospitalidade, inclusive na Cidade de Rio de Janeiro, e lamentam que o assunto de cunho societário tenha sido objeto de comunicação unilateral a clientes, fornecedores e parceiros dos negócios.

A Companhia trabalhará para encaminhar uma solução para esse assunto e manterá seus acionistas e o mercado informados acerca do desenvolvimento do assunto aqui mencionado.

São Paulo, 05 de janeiro de 2020.

Última Atualização em 5 de Janeiro de 2020

Voltar Topo